Minha História

Nascido Belo Horizonte, em 1963, Gilson Reis (PCdoB) atua, há três décadas, em defesa da educação, da valorização do trabalhador e dos movimentos sociais. É professor de Biologia e exerce o segundo mandato de vereador na capital mineira. Gilson foi presidente do Sindicato dos Professores de Minas Gerais e atual presidente (licenciado) da Contee – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino.

Na Câmara Municipal, Gilson apresentou mais de 30 projetos de lei e participou ativamente dos grandes debates sobre os rumos da cidade, nas áreas de educação, política urbana, meio ambiente, moradia e qualidade dos serviços público. Esteve ao lado das lutas de professores, estudantes, mulheres, artistas, negros e comunidade LGBT. Fiscalizou incessantemente a aplicação de recursos públicos para áreas vitais ao nosso desenvolvimento.

Como vereador, Gilson Reis põe à disposição sua experiência e sua energia para o povo de Belo Horizonte, apoiando políticas públicas que ajudem no desenvolvimento econômico e social da cidade.

Propostas

Aqui, você irá conhecer as nossas propostas para a criação de políticas públicas que valorizem a democracia e o desenvolvimento sustentável do nosso estado.

Políticas Urbanas

Políticas Urbanas

O Estatuto da Cidade estabelece as bases da política urbana nos municípios, a partir do pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e da propriedade urbana. Gilson conhece de perto as dificuldades da população e as deficiências da metrópole. Por isso, apresentou 15 emendas ao Plano Diretor de Belo Horizonte para garantir maior justiça social na arrecadação e distribuição dos tributos, e promoveu a 1ª Conferência Popular de Política Urbana de Belo Horizonte.

A luta por uma cidade inclusiva se dará em outro patamar. Cabe ao estado estabelecer diretrizes e implementar políticas de desenvolvimento regional integrado, em especial na região metropolitana de Belo Horizonte, onde vivem 5,8 milhões de pessoas, em 34 municípios.

Gilson irá atuar, dentro de suas atribuições, para corrigir as graves distorções do nosso crescimento urbano, propondo políticas que garantam à população a oferta de equipamentos urbanos e comunitários, transporte e serviços públicos adequados e democratizem o direito à terra urbana, à moradia e ao saneamento básico.

Diversidade

Diversidade

É questão fundamental em nossa sociedade estar ao lado dos que lutam contra toda forma de discriminação seja quanto à orientação sexual, gênero, credo, raça, geração ou outros. Gilson é autor da Lei que criou o dia municipal da mulher negra, que valoriza a história e a resistência dos que se dedicaram à luta pela liberdade e pela igualdade racial. Também em reconhecimento à sua atuação em defesa dessas bandeiras,Gilson Reis recebeu o Prêmio Direitos Humanos e Cidadania LGBT, entregue pelo Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (CELLOS-MG) às pessoas e entidades que contribuíram para a luta contra a homofobia. É preciso combater sem trégua todas as formas de violência praticadas em nossa sociedade e defender intransigentemente os direitos fundamentais da pessoa humana.

Mulheres

Mulheres

A luta pela emancipação da mulher nas mais diversas esferas da vida social é de todas. E de todos. A atuação de Gilson, nesta área, se deu em forte sintonia com o VIVAS, coletivo de mulheres que apoia o mandato. Duas leis municipais, de sua autoria, garantem às mulheres dignidade em momentos fundamentais da maternidade: o direito de acompanhamento de uma Doula durante o parto, e de amamentar seu bebê em locais públicos sem serem incomodadas.

Gilson também assegurou a destinação de R$ 3 milhões, na forma de emenda parlamentar, para a abertura da Maternidade Leonina Leonor Ribeiro. É coautor da Lei que cria o Programa Municipal de Vacinação contra o HPV, vírus que causa câncer no colo do útero. Também apresentou projeto de lei que dá prioridade de vagas em escolas a filhos de vítimas de violência doméstica.

A defesa da igualdade de direitos entre homens e mulheres, se dará através do apoio a políticas públicas que promovam direitos e garantam a proteção da mulher, e da contínua incorporação das pautas das organizações feministas na agenda do mandato.

Educação

Educação

A educação impulsiona o desenvolvimento econômico e reduz as desigualdades sociais. Gilson sabe disso, pois dedica grande parte da sua atuação à defesa desta bandeira. Como vereador, apresentou projetos e emendas que valorizaram a carreira dos servidores da educação em todas as suas dimensões, e destinou mais recursos para a rede de ensino municipal de Belo Horizonte. A defesa de uma escola democrática e plural, o debate permanente sobre a realidade de educadores de todos os níveis de ensino e o apoio às reivindicações da categoria são temas aos quais Gilson se dedica e que também receberão atenção.

Mesmo com as enormes restrições fiscais e orçamentárias, o governo de Minas ampliou para 25% o investimento orçamentário na área, aparelhou e reformou escolas estaduais e criou mais de 70 centros integrados de ensino múltiplo. Agora, o desafio é avançar mais.

Defenderemos ações que fortaleçam os profissionais da educação do estado, como o pagamento do piso nacional salarial para os professores e outras demandas importantes da categoria. Apoiamos a expansão das Unidades de Educação Infantil para todo o estado, proposta aprovada pela sociedade na Conferência Estadual de Educação de 2018. E o fortalecimento permanente das nossas universidades estaduais, excepcionais instrumentos para induzir o desenvolvimento científico e tecnológico de nosso Estado.

Trabalho

Trabalho

Os trabalhadores de Minas e do Brasil enfrentam talvez a maior ofensiva da história contra o seus direitos: a reforma trabalhista retirou direitos coletivos e inaugurou a era da precarização do trabalho. A proposta de Reforma da Previdência obriga os trabalhadores mais pobres a se aposentarem cada vez mais tarde, e empurra o assalariado de classe media para os planos privados de previdência.

A trajetória de Gilson Reis está ligada à história de lutas da classe trabalhadora. Na câmara municipal de Belo Horizonte, defendeu o respeito e o direito ao exercício da profissão por camelôs, carroceiros, músicos e artistas de rua. Como ex-presidente do Sinpro/MG, teve participação decisiva em diversas jornadas dos professores da rede privada, como na vitoriosa greve que manteve conquistas históricas da categoria.

Gilson continuará defendendo os trabalhadores, e apoiará iniciativas de geração de emprego e renda, especialmente as que estimulem atividades de economia solidária e criativa, o cooperativismo e as experiências de autogestão.

Cultura

Cultura

Minas Gerais possui grande diversidade cultural e conta com um bom número de organizações que preservam as raízes de nosso povo. Em Belo Horizonte, Gilson estimula as manifestações culturais e a valorização dos artistas. É autor de projetos de lei, como o que regulamenta a atividade dos artistas de rua, o que cria o programa de fomento à dança no município e o que institui o dia do Jazz. Gilson também realizou debates sobre as várias dimensões do carnaval de rua de Belo Horizonte, a fim de aprimorar o evento sem que ele perca sua espontaneidade.

Vamos continuar a tratar a cultura mineira como importante ativo simbólico, atuando em sinergia com a recente lei, sancionada pelo governo estadual, que institui o Sistema Estadual de Cultura, o Sistema de Financiamento à Cultura e a Política Estadual de Cultura Viva. A nova lei vai ampliar o acesso aos mecanismos de incentivo e fomento à cultura, além de diminuir a burocracia e descentralizar os recursos destinados aos projetos do setor.

Meio Ambiente

Meio Ambiente

O patrimônio ambiental e hídrico de Minas é riquíssimo, e deve ser preservado para que a atual as futuras gerações de mineiros possam desfrutá-lo. O combate à degradação ambiental provocada por interesses econômicos gananciosos deve ser permanente. Gilson participa desta luta desde a juventude, quando fez parte do movimento que culminou na implantação da Área de Preservação Ambiental do Morro da Pedreira, na formação do Parque Nacional da Serra do Cipó e na preservação do Lago do Nado. A aproximação de Gilson Reis com o meio ambiente não deixa de estar bastante ligada à sua formação. Afinal, ele é formado em Ciências Biológicas pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix e, posteriormente, passou a exercer a profissão de professor de Biologia.

Como vereador, ajudou a criar o Parque Natural dos Fechos, em Nova Lima, e apoiou as lutas pela preservação da Mata do Planalto e do Ribeirão da Onça. É autor da CPI que vai investigar a mineração predatória na Serra do Curral, fruto do movimento iniciado em maio de 2018.

Na Assembleia, nosso mandato continuará fiscalizando os abusos e as agressões ao meio ambiente. Entendemos que governo do estado deve assumir sua parcela de responsabilidade e tomar todas as providências ao seu alcance com a ajuda de órgãos federais, a participação de ONG´s e da sociedade civil, para resolver, o mais rapidamente possível, os problemas decorrentes da mineração predatória e da poluição das águas, entre outros.

Saúde

Saúde

O Sistema Único de Saúde (SUS), conquista da sociedade brasileira, completa 30 anos sob forte ataque dos interesses privatistas. O governo nefasto de Temer contingenciou recursos para área por vinte anos, estrangulando a capacidade de investimento de estados e municípios.

É preciso defender a rede pública de atendimento à saúde da população mineira, que no estado mantém 41,4 mil estabelecimentos, entre unidades básicas e postos de saúde, centros especializados, farmácias, hospitais, pronto-socorros, consultórios e outras unidades.

Mesmo com todas as dificuldades financeiras, vamos defender a ampliação dos recursos para o SUS, o aumento da sua capacidade de atendimento e a valorização dos profissionais que atuam no sistema, incluindo a criação de carreiras específicas. Queremos aprimorar o SUS para que seu atendimento seja mais eficaz. Por isso, é fundamental rediscutir o sistema, incluindo sua forma de financiamento, que hoje sobrecarrega os municípios mineiros.

Servidores Públicos

Servidores Públicos

Minas Gerais mantém cerca de 350 mil servidores públicos na ativa. Fundamentais para a boa prestação de serviços e implementação de políticas públicas para a população, os servidores sofrem com a grave crise fiscal e política que estrangula a capacidade financeira e de gestão do governo.

Como vereador, Gilson apoiou diversas lutas dos servidores do município por melhores condições de trabalho, fortalecimento da carreira e valorização profissional. É dele a lei municipal, pioneira no país, que estabelece um fórum permanente de negociações entre servidores e o executivo.

O mandato cumprirá o papel fundamental de interlocução entre os servidores e o governo. É preciso construir soluções que respeitem a história de negociação e defesa dos seus interesses, garantir condições dignas de trabalho e ampliar a oferta e a qualidade dos serviços oferecidos ao povo mineiro.

Últimas Notícias

Conheça o trabalho de Gilson Reis por BH - Educação

Como professor sei que a educação é o grande pilar da sociedade e como vereador por Belo Horizonte sempre busquei valorizar ao máximo essa área. Veja algumas das ações do nosso mandato. #MaisEducaçãoSim

Publicado por Gilson Reis em Quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Confira mais sobre Gilson Reis

Fale com a gente

As suas ideias e opiniões contribuem para que possamos fazer a diferença.