Desde 2013, quando a tradicional Feira de Artesanato do Bairro Santa Efigênia deixou a Avenida Bernardo Monteiro, o mandato do vereador Gilson Reis (PCdoB) defende o retorno para o local de origem. A partir desta sexta-feira (05) os expositores voltarão a atuar no endereço entre a Rua dos Otoni e a Avenida Brasil. Leia na matéria do jornal Estado de Minas:

A partir desta sexta-feira, 5 de abril o quarteirão fechado da Avenida Bernardo Monteiro entre a Rua dos Otoni e a Avenida Brasil voltará a receber a tradicional Feira de Artesanato do Bairro Santa Efigênia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Os expositores estavam fora do local desde 2013, quando a prefeitura começou a se mobilizar contra a praga que atingiu os exemplares de fícus plantados na via.

De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, a decisão foi tomada em uma assembleia com os feirantes nessa quarta-feira. Os expositores fazem parte do Programa Espaço da Cidadania.

E expositora Francisca Izidoro disse que as vendas caíram quando a feira foi retirada o quarteirão retirado da avenida e que a área hospitalar possui um movimento maior de pessoas, entre pacientes e funcionários de clínicas. Assim, a volta ao endereço original pode reaquecer as vendas.

Conforme a Secretaria, após os trabalhos da prefeitura (incluindo a supressão de árvores) para conter a infestação pela mosca branca, que aumentava o risco de queda, há mais segurança para que as 150 barracas retornem ao local. A Feira Espaço da Cidadania será realizada toda sexta-feira das 8h às 17h. Há edições extras no espaço do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Fonte: Jornal Estado de Minas

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.