Quais os impactos da Reforma da Previdência para os trabalhadores da educação? A preocupação dos educadores tem motivos, já que a categoria é afetada diretamente pela proposta de mudanças na aposentadoria enviada ao Congresso Nacional. No dia 13 de março o vereador Gilson Reis, junto a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, debaterão o tema na Câmara Municipal de Belo Horizonte às 18h30.

Atualmente, na rede particular de educação, professores homens podem se aposentar com 30 anos de contribuição e mulheres com 25 anos, sem necessidade de idade mínima. Na rede pública, os homens podem se aposentar a partir dos 55 anos e com 30 anos de contribuição, e as mulheres precisam ter no mínimo 50 anos e 25 de contribuição.

Com a reforma, professores de ambos os sexos só poderiam se aposentar com idade mínima de 60 anos e 30 de contribuição. Ou seja, os profissionais são prejudicados duas vezes, tendo que contribuir por mais anos e adiar a idade de aposentadoria.

“O que esse governo federal propõe é desumano. Vamos debater o tema com a sociedade e com quem de fato será prejudicado por essas mudanças. As trabalhadoras e os trabalhadores precisam ser ouvidos, por isso convocamos a categoria de Belo Horizonte pra unir forças”, afirma Gilson Reis.

Os impactos da Reforma da Previdência para os educadores de BH
Data: 13 de março (quarta-feira)
Hora: 18h30
Local: Plenário Amynthas de Barros, na Câmara Municipal de Belo Horizonte – Av. dos Andradas, 3.100, Santa Efigênia

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.