Com exceção do secretário escolar, cerca de 1.700 trabalhadores que ocupam cargos de provimento efetivo de Assistente Administrativo Educacional (os AAE) na rede municipal de educação de BH, foram colocados em sobreaviso em função da pandemia. Entretanto, diversos documentos da Prefeitura, publicados recentemente, trouxeram nova regulamentação para as modalidades de trabalho presencial e de teletrabalho. Essa regulamentação atingem diretamente os AAES.

Entretanto, são vários os problemas que ainda precisam ser debatidos, antes de se falar em qualquer retorno às atividades.

Por isso, eu e o Coletivo de Assistentes Administrativos Educacionais (AAES) enviamos uma Carta apresentando algumas reflexões e reivindicações a serem encaminhadas à Câmara Municipal, à Secretaria Municipal de Educação (SMED) e ao Conselho Municipal de Educação.

Clique aqui para ler a Carta.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.